Virginia Gaia: A importância da abordagem holística no relacionamento

//Virginia Gaia: A importância da abordagem holística no relacionamento

Por Rogério Eppinghaus de Vasconcelos

Com grande experiência em mitologia, religião comparada, astrologia e Tarô, Virginia Gaia ministra cursos e palestras, participa de programa de televisão, é educadora sexual certificada e especialista em técnicas tântricas. Realiza atendimentos sobre diversos tópicos, desde astrologia empresarial à Coaching Holístico.

Nesta entrevista para a Vênus Digital, a astróloga e taróloga do programa A Tarde é Show exibido na Rede Brasil de Televisão, nos fala um pouco sobre sexualidade e vida afetiva.

Vênus Digital – Quais são os principais problemas e dúvidas que são levados até você?

Virginia Gaia – É difícil apontar um assunto em específico, mas eu diria que, em geral, o que impulsiona o ser humano em direção ao autoconhecimento é a vontade de fazer escolhas melhores e mais conscientes para os rumos da sua vida. Atualmente, constato que as pressões que os indivíduos sofrem para conciliar uma carreira bem-sucedida com um conceito de qualidade de vida que é cada vez mais amplo –e inclui uma vida afetivo-sexual e familiar prazerosa e feliz – acabam sendo fonte de muita angústia e questionamento. No âmbito específico dos relacionamentos afetivos e sexuais, sinto que estamos em um momento bastante importante de mudança histórica no comportamento da sociedade e isso gera uma necessidade muito maior de conexão interna: homens e mulheres estão questionando seus papéis sociais como nunca – o que é ótimo –, mas não podemos negar que isso causa alguma ansiedade. É cada vez mais desafiador para o indivíduo se situar em meio a tantas opções, e esse é o principal diferencial da abordagem holística. É em função desse contexto complexo que o principal pilar do meu trabalho é a Verdadeira Vontade, conceito bastante difundido no Ocultismo que consiste exatamente na busca de uma conexão interior que define o propósito de vida e lança as bases para sua realização como fator relevante na busca pela felicidade pessoal.

Vênus – Do que se trata a sexualidade holística? Ela é voltada para indivíduos ou para casais?

Virginia – Trabalho com indivíduos e casais dos mais variados perfis. Falar sobre a abordagem holística para a sexualidade é olhar o indivíduo como um todo. É perceber as conexões entre corpo e psique em um nível profundo, facilitando o caminho terapêutico para aqueles que procuram uma vida afetiva mais prazerosa e feliz – até porque um indivíduo que se conhece bem e está conectado com sua Verdadeira Vontade se relaciona melhor com as pessoas em geral e, em particular, com seu parceiro afetivo. Também é associar o embasamento científico da Sexologia moderna a técnicas milenares de expansão da consciência, integrando elos que se dispersaram ao longo da história para gerar resultados mais efetivos.

Vênus – Como você é especialista também em tarô e em astrologia, como estes conhecimentos contribuem para você auxiliar nos relacionamentos dos casais?

Virgínia – Uso o Tarô e a Astrologia como ferramentas de apoio ao trabalho de orientação terapêutica, o que também inclui meditações, prescrição de Florais de Bach e, obviamente, orientação sexológica e de relacionamento. Nos estudos ocultistas sobre o Tarô, há diversas relações entre a simbologia dos Arcanos com a Alquimia e, em específico, com a Magia Sexual. Assim, o Tarô é um aliado valioso para identificar padrões psíquicos do indivíduo em determinado momento. Já a Astrologia tem ferramentas para a identificação de princípios de atração e eventuais pontos a ser trabalhados na forma como cada indivíduo se relaciona, além de oferecer a técnica da Sinastria, uma análise completa da compatibilidade entre duas pessoas que se relacionam. Com a Sinastria, é possível identificar os pontos convergentes e divergentes em uma relação e indicar o que pode ser melhorado para harmonizar o relacionamento. Primeiro, analisa-se o Mapa Astral de cada um dos parceiros, para identificação de tendências e previsões pelo período de um ano. Depois, verifica-se como cada parceiro influencia o outro e o resultado dessa interação.

Vênus –  Além do aspecto sexual, que contribuições o budismo tântrico proporciona aos seus participantes?

Virginia – Dá-se o nome de Budismo Tântrico para a vertente do Budismo que recebeu influência do conjunto de escrituras denominadas Tantras, encontradas na região do Himalaia. Também conhecida por Budismo Tibetano, já que teve ampla difusão a partir do Tibet, essa vertente propõe um caminho mais rápido para a iluminação, com práticas consideradas mais esotéricas, como visualizações, meditações e mantras. Enfatizando a natureza búdica de todos os seres sencientes, ela se propõe a promover a transformação de emoções negativas em sabedoria. Ao contrário do que muita gente pensa devido às inúmeras deturpações que se seguiram à chegada do Tantra no Ocidente, somente 7% das escrituras tântricas trata de técnicas sexuais. Os 93% restantes frequentemente abordam a forma de lidar com as emoções como instrumento de expansão da consciência individual.

Vênus –  Que dicas você dá para quem quer aprimorar sua vida afetiva?

Virginia – O primeiro requisito para estabelecer bons relacionamentos é o autoconhecimento. Também não há nada que seja mais efetivo para conquistar o amor do que a autoestima. O caminho para chegar a esse equilíbrio passa pela realização da Verdadeira Vontade do indivíduo: o Graal da realização pessoal é um processo de pura Alquimia interna. Ainda há quem, inconscientemente, invista demasiada energia somente com o objetivo de agradar mais ao outro quando, na verdade, o processo é inverso: entender melhor os próprios desejos e necessidades é o primeiro passo para a construção de relações mais saudáveis e felizes. E cada relacionamento representa uma oportunidade única para o crescimento e o aprendizado internos, fazendo a vivência do Amor um ato intencional e, portanto, um ato de magia.


Virginia Gaia é astróloga, taróloga e estudiosa de mitologia e religião comparada há mais de 15 anos. Tem um quadro no programa A Tarde É Show com Nani Venâncio (Rede Brasil de Televisão) e leva o conhecimento que acumulou nas Ciências Herméticas para os mais diversos públicos. Propagadora do Vama Marga Tantra, foi iniciada no Vajrayana – o chamado Budismo Tântrico ou Budismo Tibetano –, além de ter sido integrante de ordens iniciáticas e ocultistas. Com base na certificação de Capacitação em Sexualidade que obteve pela ABEME, é também educadora sexual, ministrando cursos e palestras sobre o amor e os relacionamentos que abordam o estreito vínculo entre sexualidade, afetividade e espiritualidade.

Site: www.virginiagaia.com.br
Fan Page: www.facebook.com/estudosgaia
Canal no YouTube: www.youtube.com/virginiagaiaoficial
Instagram: @virginiagaia

2018-07-10T15:54:42+00:00
Rogério Eppinghaus de Vasconcelos
Rogério Eppinghaus de Vasconcelos é analista de sistemas e jornalista. Possui pós em Jornalismo Cultural e atualmente cursa Marketing Digital. Na Vênus, atua como consultor e jornalista.

Deixar Um Comentário