Carla Varella: Conexão com a luz e amor divinos

///Carla Varella: Conexão com a luz e amor divinos

Todos nós queremos uma vida plena de amor, sentido e beleza. Alcançar este estado “venusiano”, em meio a tanta adversidade, é conseguir ser um ponto de luz na escuridão. Como então podemos acender a nossa própria luz? O trabalho que a terapeuta transdisciplinar, Carla Varella, vem realizando há quase quinze anos, tem como propósito a conexão com o chacra do coração, onde está a fonte de luz e amor divinos.

Carla desenvolve seu trabalho com uma abordagem multidimensional, isto é, o processo se dá através de técnicas e ferramentas que atingem a unidade do ser: o ser holístico. “Entre a gente e a fonte (eu superior/divino) existem várias camadas que são representadas pelos nossos diferentes corpos ou níveis de consciência, a nossa multidimensionalidade. A auto-cura acontece neste processo que consiste em alinhar os nossos corpos superiores, nos tirando consciencialmente da ilusão da separatividade”. Nesta ilusão habitam as sensações de medo, falta, escassez, e as mais diversas crenças limitantes que só se manifestam quando estamos desconectados do nosso eu superior, de onde jorra o Amor divino.

O trabalho que Carla realiza tem como propósito a reconexão com o chacra cardíaco, onde está a fonte deste amor divino, sempre disponível para nós, em toda a sua generosa abundância. “É como uma chave que abre um novo portal nos ligando a um estado mais elevado de nós mesmos, nos levando a uma consciência de unidade.” O tratamento é feito através de diferentes técnicas multidimensionais e egrégoras que alinham os nossos corpos de luz, alterando a nossa frequência e nos reconectando à fonte.

“O corpo é um templo de luz, somos o invólucro deste eu divino.”

Porém, para entrarmos nesta vibração mais sutil, é necessário tirarmos os véus que impedem a entrada da luz.

Vênus.Digital: Através das técnicas que você costuma orquestrar, nos reconectamos à luz?

Carla: Sim, à nossa luz interna, ao eu divino. O que eu faço é abrir um campo multidimensional, onde sustento uma frequência consciencial mais elevada – a partir do meu nível de alinhamento. Com essa abertura, você pode receber pacotes de luz dos seus campos superiores. Não é uma canalização de energia universal, não são irradiações de luz. Na cura multidimensional a pessoa dá nascimento a ela mesma, porque faz uma fusão com os seus corpos de luz, que têm todas as informações corretas e necessárias. A partir da luz que vai entrando, os bloqueios vão sendo liberados e abre-se uma percepção diferente de você mesmo e do mundo.

Vênus: Quando você diz que os bloqueios vão sendo liberados, isso significa uma espécie de limpeza nos nossos níveis de consciência? É assim que tiramos os véus (que nos mantêm meio cegos e iludidos)?

Carla: Sim, o que acontece é uma limpeza nas memórias que carregamos, a remoção dos medos antigos, ancestrais, fobias, padrões de crenças cristalizados, desta vida ou até de vidas passadas. Tudo o que esteja nos limitando e nos aprisionando é retirado. À medida em que vão sendo desbloqueados os campos, os corpos vão se limpando e se realinhando sem esses pesos. É uma forma de sair da sensação de encurralamento. Como se você voltasse a enxergar o todo, sem véus, a percepção fica expandida. As crenças limitantes, que nos aprisionam a um lugar/estado estreito, vão desaparecendo. À medida em que os padrões cristalizados vão se soltando, a pessoa vai conseguindo se reconectar com a  abundância, com o divino, que supre tudo. Entra em um outro ciclo de relação de amor, sai da crença de que a vida é dura e hostil e entra em um outro estado. Muda a frequência. Começa a fluir num estado mais elevado dela mesma.

Vênus: Quais são os casos de cura que você presenciou?

Carla: Muitos casos diferentes. Cada pessoa chega com um propósito, querendo resolver alguma questão específica, uma dor, uma trava emocional, uma fobia. Muitos aparecem com um diagnóstico predeterminado na cabeça e muitas vezes o discurso dela é um, mas o que eu vejo é outra coisa, porque consigo entrar no campo energético dela e enxergar a origem daquela consequência que a aflige. Eu trabalho muito com a intuição e escuto os meus guias de luz, que vão me orientando durante todo processo de cura.

Vênus: Você tem alguma ajuda ou intervenção divina para processar essa reconexão?

Carla: Sim, este é um trabalho para a evolução pessoal e planetária. O objetivo é a evolução espiritual das pessoas, e isso não vem da ciência.  O trabalho é feito com a intervenção direta de Seres Confederados de Luz, Anjos, Arcanjos, Pleiadianos, Arcturianos, equipes de cura da Grande Fraternidade Branca e os Mestres Ascensionados.

Vênus: Qual o grande propósito deste trabalho?

Carla: Os seres trabalhadores da luz têm o propósito de ajudar vocês a se adaptarem a novas frequências. No entanto, para entrar numa frequência mais elevada, é preciso curar a realidade atual. Quanto mais pessoas vibrarem na frequência do amor divino, mais alto será o nível vibracional coletivo e a evolução planetária.


Para conhecer melhor o trabalho de Carla Varella, acesse o link para seu site profissional  onde poderão encontrar todas as informações necessárias: starhealing.com.br

Pós- Grauduação (Latu Senso)  em Psicologia Transdisciplinar Holistica – UNIPAZ / Tecnologias Luminosas Archturianas e a Árvore da Vida workshop com David Miller./ Biologia (USU de 85 a 87)/ Graduada em Educação Física (UGF 91)/ Pós-graduação em Psicomotricidade (Estácio de Sá 92)/ Pós-Graduação em Marketing New York University (1997)/ Pós-graduação em Neurofisiologia (IBMR 2003)/ Formação em Terapia Corporal de Biossíntese (Escola de Biossíntese 2006)/ Frequências de Brilho (nível 18)/ Amanae (I e II)/ Magnified Healing/ Light Healing/ Mestra em Cura Multidimensional Archturiana/ Interface Keylons/ Terapia de Conexão Estelar/ Terapeuta de Alinhamento Sexual Pleiadiano/ Despertar do Coração Iluminado (Último trabalho criado por Drunvalo Melchizedek)/ Estudiosa das Chaves de Enoch desde 2003/ Template (reconexão de 13 circuitos energéticos) Glastonbury U.K 2011/ Ho’pononono (Zero Limits – Ihaleakala Hew Len)/ Sistema Psico-filosofico do Kahunas (Havaí)

foto da capa: Naletu

2018-06-15T18:52:51+00:00

Sobre o Autor:

Claudia Süssekind
Claudia Süssekind é publicitária, editora, escritora e diretora de conteúdo da Vênus Digital. Começou sua carreira no departamento de criação da Diler&Associados, trabalhou nas assessorias de comunicação do Senac, Sesc e Firjan. É autora das peças de teatro Diário de um Matrimônio (peça e livro com o selo da Editora 7letras 2005) e O Caso Valkiria R (2011), encenadas no Rio de Janeiro e em festivais nacionais e internacionais. Apaixonada por mitologia, filosofia e arte, criou a revista Vênus Digital para propagar cultura e Amor.

Deixar Um Comentário